terça-feira, 13 de março de 2012

My Dilemma - 14º Capítulo ( maratona )




Uma semana depois...

Narradora on#

Uma semana já havia se passado , e ela foi útil para fazer com que as coisas se acalmasse, na medida do possível.
Cada um já estava ciente que teriam que aguentar as conseqüências. Conseqüências tais do casamento entre Demetria e Joseph.
Demi ainda não havia aceitado tudo isso, óbvio, afinal, creio eu que a mesma nunca aceitaria, porem ela já havia se conformado, já tinha claro em sua mente que teria que morar com Joseph, que teria que aprender a conviver com Joseph, mesmo contra a sua vontade.
Mais se vocês pensam que Joseph  aceitou fácil assim, estão completamente enganados. Joe também custou a aceitar essa idade, idéia de agora ter que morar junto com Demetria. Porem, ele se conformou um tanto que mais rápido, Joe sempre se divertiu muito irritando Demi, ele sempre levou mais na brincadeira, adorava tirar a mesma do serio, Demi já se irritava profundamente, não achava a menor graça.
Sim, Joe e Demi são completamente diferentes, porem são diferentes mais ao meso iguais um do outro, contraditório não? Mais com o tempo vocês vão entender o que eu estou falando,
Continuando, a semana se passou.
Joseph e Demetria não se viram, em nenhum momento. Para se dizer mais a verdade, Demi mal saiu de casa a semana inteira, só saia quando Selena a obrigava, o que seria de Demi sem Selena não e mesmo?
E por conta disso, nosso mais novo casal ainda não haviam se visto desde o jantar aonde receberam a tão bendita noticia, a de que teriam que conviver morando na mesma casa, sem brigas – o que seria impossível.
Mais isso estava prestes a mudar. O destino pode não te-los feito se verem nessa semana que se passou, porem hoje não aconteceria o mesmo.
Hoje era sábado, o dia em que eles se mudariam para a casa nova , na qual teriam que morar juntos.


Demi on #


Era sábado, para ser mais exata fim de tarde, nesse momento eu estava  parada em frente a  minha mais nova casa, junto com as minhas ultimas malas,  pode parecer drama, mais eu excitei em entrar, no primeiro momento, fiquei ali,  em frente a porta por longos minutos, tomando coragem a girar a maçaneta.
Vocês podem dizer que eu só to fazendo drama, mais não, não é drama. As pessoas tendem a julgar as outras, ainda mais se alguém estiver falando de seus problemas, sempre iram te  julgar, ninguém nunca vai entender o seu sofrimento ate passar pela mesma situação. É por esse e tantos outros motivos que eu sempre prefiro guardar para mim meus sofrimentos, lógico, tirando Selena que sabe tudo de mim, ela é capaz de saber mais de mim do que eu mesma, porem tirando ela, ninguém nunca vai saber o que se passa aqui dentro, aqui comigo, e eu prefiro assim, me sinto mais segura assim.
Porem eu teria que entrar naquela casa, afinal, agora ela era minha casa não é mesmo? Era isso que eu tentava por em minha cabeça. Eu não tinha outra escolha, então calmamente, peguei a chave que minutos antes minha mãe havia me dado, e segurando fortemente minha bolsa, abri a porta, e após entrar, suspirei profundamente.

Eu continuava parada, agora a porta atrás de mim já estava fechada, mais eu não me movi, do jeito que entrei ,permaneci. No primeiro momento eu larguei minhas malas no chão ao meu lado, e então comecei a observar o lugar em minha volta.
Não, eu não havia visto a casa ate nesse momento. Deixei tudo isso por completa e pura responsabilidade de Denise e minha mãe, tudo deixei por conta delas, foram as mesmas que escolheram decoração, o lugar, a casa, tudo. Não quis me incomodar com isso, e por fim, só agora que eu estava vendo aonde iria morar.
Percebi antes de mais nada, que certamente não tinha ninguém na casa, ou seja, Joe ainda não havia vindo trazer suas coisas, eu sei que ele iria trazer o que faltava ainda hoje, porque ouvi uma conversa entre minha mãe e meu pai mais cedo, porem isso não vem ao caso.
De onde eu estava eu observei a sala, onde havia os sofás, a televisão, fui caminhando lentamente, e assim pude perceber que ainda na sala se tinha um balcão, onde já tinha-se portas retratos com fotos minhas – sim, minha mãe pensou ate nisso- e logo em cima do balcão um espelho, ao centro da sala tinha-se uma mesinha, enfim, uma sala normal, mais o que não a deixava sem graça, tenho que confessar que ela era bonita.  A minha direita fui caminhando, e então cheguei a cozinha, não parei para prestar muita atenção, mais observei que tinha-se os armários embutidos.  Não muito longe,  mais a um canto, porem sem portas para dividir, tinha-se a sala de jantar, com a mesa e mais alguns itens que Denise e minha mãe fizeram questão de por para decorar. Enfim saindo daquele espaço da casa, resolvi subir as escadas, em direção ao segundo andar. A escada ficava na sala, os degraus fizeram com que meu salto fizessem barulho, mais eu não liguei, e voltei a subir a escada,  logo me deparando com um corredor.
A minha direita vi a primeira porta do corredor, logo a abri, e me deparei com um quarto. Nele tinha-se uma cama de casal ao centro, ao lado uma escrivania , com prateleiras já com os meus livros, meus DVDs , meu computador,  closet, e não teve outra, era sim o closet, o qual para  a minha alegria, era espaçoso, e com um espelho dentro do mesmo, saindo de dentro do closet, vi uma outra porta ainda dentro do quarto, e imaginei que só poderia ser o banheiro, porem não perdi meu tempo indo ate La, depois teria muito tempo para explorar cada parte. Antes de sair do quarto novamente,  observei que o mesmo ainda contia uma sacada, mais não me enrolei, e voltei ao corredor.
Dando mais alguns passos já no corredor, avistei uma outra porta, a abri, e me certifiquei que era mais um quarto, o mesmo era bem decorado, ele era bonito, porem masculino, certamente quarto de Joseph, ali também havia a cama, uma televisão, seu computador, um banheiro ainda ali dentro, ou seja, tudo separado de mim, o que facilita muito nosso convivência, mais como a minha paciência não é as das maiores, acabei por enrolar muito ali dentro, e voltei ao corredor.
Ainda no corredor, sobraram-se duas portas para resumir, uma era o banheiro, e a outra seria o quarto de hospedes.

Voltei ao meu quarto,  agora me jogando na cama, e respirei fundo novamente, eu tinha gostado da casa, confesso, ela era bonita, e Denise e minha mãe tiveram um bom gosto para decora-la, e empenho,  mesmo que eu esteja ali mais por uma obrigação, sabia que iria gostar daquele lugar.


(...)


Nesse momento eu estava acabando e sair do banho, tinha decidido após terminar de olhar a casa, a tomar um banho, ate porque, eu teria que me acostumar com aquele lugar. Porem a casa não estava uma bagunça como pensamos em ‘mudança’, certamente sempre que ouvimos essa palavra imaginamos tudo bagunçado, mais não, La não estava. Minha mãe e a mãe de Joseph já haviam organizado a mesma durante todo o decorrer daquele semana, o que é bom pra mim, pois a minha paciência nunca que suportaria uma mudança,.
Mais enfim,  depois de tomar um longo banho, eu me enrolei em minha toalha, e estava a sair do banheiro, quando de repente, me deparo com um , nada mais nada menos,  idiota parado em minha frente, me observando dos pés a cabeça.
 Pqp, o que ele estava fazendo ali?
Não excitei em gritar.

Demi: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.

O abestado ainda continua a não se mover, ele estava parado no meio do meu quarto, e continuava  me observando de cima embaixo, e foi nesse momento em que eu lembrei, que estava apenas de toalha, o que resultou novamente em outro berro.

Demi: JOSEPH IDIOTA, SOME DAQUI, AGORAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!

E assim eu comecei a jogar todos os objetos que tinha a meu alcance, meus livros que estavam em minha escrivania, meu travesseiro, minha bolsa, tudo o que via jogava naquele ser que agora já não estava imóvel, e sim tinha saído apresadamente do quarto.
Serio, existem pessoas lerdas, mais Joseph naquele momento se superou. Confesso que agora eu estava ate que corada, afinal, nada mais justo você ficar com vergonha quando encontra um garoto parado a sua frente te vendo só de toalha após o banho, privacidade pra que não é mesmo?
Balancei minha cabeça varias vezes, tentando me livrar daquele pensamento, ele era um idiota, sem mais.
Fui ate a minha porta, e tranquei. Agora ele não entraria, eu e minha péssima mania de não trancar as portas na primeira vez que entro no quarto, mais também, eu ia adivinhar que Joseph ia chegar bem naquele momento? E outra, eu ia adivinhar que o retardado iria ir ao meu quarto? Não, eu não tinha bola de cristal. Porem não me deixam esquecer novamente desse detalhe, começar a fechar a porta, afinal, não estava mais em uma casa que era praticamente só minha.

Respirei fundo, pode parecer bobagem, mais olhei novamente a porta, e vendo que ela estava trancada, segui ate meu closet, finalmente para me trocar.


Joe on#


Ok, já devo imaginar Demetria  falando palavras inapropriadas nesse momento por pensamente, me xingando.
Mais eu não tenho culpa.
Como minha mãe havia dito, hoje era o dia em que eu teria que, infelizmente, vir para essa casa que terei que dividir com Demetria.  E bom, por conta disso, acabei por resolvendo vir só a noite, ou seja , trazer o resto de minhas coisas só agora.
Assim feito, eu deixei o resto das malas na sala, e sai para ver a casa, afinal, eu ainda não havia a visto. Assim como sei que Demi também fez, eu também deixei tudo nas mãos de minha mãe.  Porem no momento em que eu estava no quarto, que agora pensando sei que deve ter sido o escolhido de Demetria, foi que a mesma saiu de dentro do banheiro só enrolada em uma toalha, aparantemente saindo do banho. Eu não liguei, afinal, que tipo de garoto iria reclamar? Mais como já é de se esperar, a mesma fez um escândalo, que bom, não é preciso repetir ne? Vocês já conseguiriam ver o escândalo parágrafos antes desse.
Eu estava rindo da cena enquanto descia as escadas novamente em direção a sala, pegar minha malas. É , seria mais do que desastrosos nós dois aqui juntos. Mais já que eu não tenho escolha, o jeito é levar o mais na brincadeira possível, afinal, terei que conviver com a garota que consequentemente não me suporta.


Demi on#


Após finalmente me trocar, acabei colocando um shorts curto, porem o comprimento não importava, já que havia optado em por uma blusa, na verdade essa blusa é meu xodó, eu a amava, ela é grande, vindo ate minha coxa, e com estampa do
 , prendi meu cabelo em um coque frouxo e decidi descer ate o primeiro andar, eu já estava com fome.
Fui ate a cozinha, e comecei a abrir os trilhões de armários que ali tinham, em busca de algo pratico , pois meu empenho não permitiria ter que cozinhar. Por habito, olhei no relógio que havia na parede, e percebi que já eram 19:00 , já era noite, a minha primeira noite naquela casa.
Suspirei fundo, e acabei por achar uma caixa de chocolate, sorri comigo mesma, minha mãe realmente me conhecia, sabia que eu não suportaria ficar sem chocolates,  fui ate a geladeira pegando um suco, e enfim,  caminhei para sair da cozinha,  com o intuito de subir novamente para o meu quarto, porem fui impedida, por Joseph que havia acabado de entrar, passando por mim e pegando a minha caixa de chocolate em minhas mãos, precisa de pessoa mais atrevida?

Demi: eei,

Joe: que?

Ele me encarou, enquanto pegava um copo de água,

Demi: são MEUS chocolates. – Disse dando ênfase na palavra meus, para ver se enfim ele se tocava.

Joe: tudo que é teu, agora também é meu.

Ele disse, com um sorriso sarcástico. Ok, por impulso acabei colocando meu copo de suco no balcão, e agora eu o encarava , ele já estava a fim de brigar? Era isso mesmo? Ele já queria arranjar briga na primeira noite em que moraríamos na mesma casa? Sinceramente ele era um imbecil.
Eu respirei fundo, realmente não estava a fim de briga – o que não acontece muito- porem o ignorei,  o que eu mais queria mesmo é poder subir para o meu quarto, e sair de lá só amanha, por conta disso, disse.

Demi: Joseph, me devolve, eu não to com paciência;

Após eu falar, ele me encarou ainda com aquele sorriso que me irrita, hm, profundamente.

Joe: e quando que você esta paciente Demi?

Eu apenas continuei o encarando, afinal, eu sabia que eu nunca estava paciente, mais o que eu posso fazer?

Demi: cale essa boca e me da logo meus chocolates.

Serio, aquilo chegava a ser vergonhante, duas pessoas brigando por uma caixa de chocolate, mais cacete, eu tinha pegado primeiro não tinha? Vocês estão de prova. Porem agora raciocinem comigo, se nós já estávamos brigando por uma caixa de chocolate na primeira noite juntos na mesma casa, pensa então no resto das semanas, as quais teriam nos teríamos que conviver, iríamos nos matar.
Repeti diversas vezes em minha mente a frase ‘sem briga, sem briga, sem briga, e sem briga’ , após respirar fundo varias vezes também, voltei a encarar, porem agora já mais calma.

Demi: OK! Acho que já deu tudo isso ne?

Joe: isso o que?

Existe pessoa mais lerda?

Demi: Joseph, seja esperto pelo menos uma vez na vida e me escute, eu não estou aqui porque eu quero, eu to aqui por causa de uma burrada que eu fiz em Las Vegas, a qual você também participou. Acredite, se eu pudesse voltar no tempo eu nunca que repetiria tudo isso, eu daria tudo pra poder ta na minha casa agora, no meu canto. Mais não, eu to aqui, forçando essa imagem de ‘pessoas que se amam’, que se casaram, e que estão morando juntos, então por favor, coopera. Como o combinado, daqui a um mês quero acabar com toda essa farsa, mais sinceramente, vai ser mais fácil se você cooperar.

Joe terminou de beber sua água, e me encarou, ele prece raciocinar tudo o que eu disse, e enfim respondeu.

Joe: ook,  eu acho que nós precisamos de hm, umas regras.

Demi: regras?

Eu o encarei, completamente confusa.




Continua.

-                          Amanda.

19 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAA lindooo ^^
    Amei o capitulo :)
    Posta logo pleease :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. AAAAAA muitoo perfeitooo! Posta logooo ! :D

    ResponderExcluir
  3. AAAAA amei *_*
    Poorfavor posta logo..

    ResponderExcluir
  4. regras? omg quero só verrrrrrr hahahaa, posta logo, to amando.

    ResponderExcluir
  5. Peefeito !
    Quero só ver as regras kkk
    ihh isso não vai presta hein '~'
    Posta logo
    beijos

    ResponderExcluir
  6. cap perfeito...

    eles tinham q te rum quarto so, ia ser mais comedia..hehe, ja q sao casados deveria ser um so

    e as regras?

    qru saber

    posta logo e bjo bjo

    ResponderExcluir
  7. AAAAAAAAAHHH
    TA PERFEITOOO.
    POSTA LOGO O PROXIMO POR FAVOR *-*

    ResponderExcluir
  8. Que perfeito, um lindo o capitulo amr. Posta Logo? Quero saber que regras, na verdade, eu quero saber de tudo! kk'

    Você ganhou um novo questionario.
    URL: http://ficsjemi-irreplaceable.blogspot.com/2012/03/novo-questionario.html

    ResponderExcluir
  9. quero saber essas regras
    POSTA LOGO
    está PERFEITO
    POSTA LOGO
    BeiJemi

    ResponderExcluir
  10. P-E-R-F-E-I-T-OOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!
    regras, kkkk quero so ve!!!!!!!!!!!!!!!
    posta logo please!!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. finalmente conseguir ler os capitulos sahsahshahs e comentar ajeitei um dos pc.
    capitulos perfeito e posta logo e to parando aki de comentar por hj vou ler Clarice Lispector.

    ResponderExcluir
  12. P-E-R-F-E-I-T-OOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!
    POSTA LOGO !

    ResponderExcluir
  13. LEITORA NOVA AMEI SEU BLOG
    POSTA LOGO QUE EU TO CURIOSA

    ResponderExcluir
  14. POOOOOOOOOOOOOOOOOOOSSSTAAAAAAAAAAA LOOOOOOOOOOOOGOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!

    ResponderExcluir
  15. Posto logo, tipo, logo mesmo. Tô muito curiosa :)

    ResponderExcluir
  16. Oi!!

    Tag pra vc no meu blog!!

    http://thes7ory.blogspot.jp/2012/03/tag-da-moura.html

    bjoo

    ResponderExcluir